Coordenador Provincial

Esta vaga já expirou


Entidade:

AMASI

Expira:

31-12-2023

Local:

Nampula

Coordenador Provincial

A AMASI é uma ONG moçambicana com sede na cidade de Nampula e escritórios em Monapo, Eráti e Moma (Nampula), Pemba, Metuge, Ancuabe e Chiúre (Cabo Delgado). Criada em 1996, a AMASI tem ampla experiência em projetos de água e saneamento e HIV, incluindo crianças órfãs e vulneráveis (COVs) e “Determinadas, Resilientes, Empoderadas, Livres de Sida, Mentoradas e Seguras” (DREAMS) para raparigas adolescentes e mulheres jovens (RAMJ).

A AMASI está a recrutar candidatos qualificados para o projecto USAID FILOVC AMASI com uma duração de 5 anos (2022-2027). O projecto é liderado pela AMASI nas Provincias de Nampula e Cabo Delgado, com a FHI 360 como parceiro de assistência técnica e Ovarelelana como parceiro local de implementação.

Resumo do Cargo:

O/A Coordenador(a) Provincial é o representante do FILOVC-AMASI a nivel do Governo Provincial, este deve buscar ser o contacto com os parceiros, é igualmente responsável por garantir a liderança, coordenação e gestão operacional da organização na Provincia, o funcionamento eficaz do escritório Provincial e o bom relacionamento com outros actores Provinciais.

A posição estará baseada na Cidade de Nampula e trabalhará no projecto a 100%. Funções essenciais do trabalho: Deveres e responsabilidades:

Representação e gestão de parcerias:

  • Assegurar a coordenação da AMASI com outros actores relevantes na Provincia
  • Gerir as correspondência com as instituições do governo e parceiro
  • Promover a boa reputação da organização a este nível
  • Junto com o Diretor Técnico, criar novas parcerias que contribuam para o desenvolvimento do projecto
  • Representar o Projecto na Província diante dos parceiros governamentais tais como os SPS, SPAS, DPS, DPGCAS e os SDSMAS e outras organizações não governamentais nos distritos onde a organização actua
  • Estabelecer e manter relações positivas com outras organizações, governo da Província e parceiros estratégicos;

Gestão do Programa:

  • Responsável pela coordenação geral de todas as componentes do projecto, incluindo COV e DREAMS a nível da Província;
  • Garantir a submissão atempado de dados, relatórios, planos de atividades, requisições mensais de fundos entre outros;
  • Fazer revisão e submeter os relatórios narrativos aos Governos Distritais e Províncial
  • Assegurar uma boa coordenação entre as funções de operações e técnicas para entregar resultados dentro do prazo planificado para a implementação das actividades, dentro do orçamento e em conformidade com todas as regras e regulamentos aplicáveis;
  • Solicitar a assistência técnica necessária a todos os Distritos da Província, nas áreas técnica, de M&A, finanças e administração.
  • Supervisionar o trabalho do pessoal financeiro baseado no escritório Provincial;
  • Garantir a elaboração dos planos de trabalho administrativo a nível da Província e monitorar a sua implementação;

Gestão de recursos:

  • Assegurar a disponibilidade de recursos adequados (humanos, financeiros, materiais, logísticos) para a implementação das actividades e a sua boa gestão;
  • Junto ao Diretor Técnico, assegurar que todos os pagamentos das despesas de operações programáticas e do pessoal do campo, são feitos de forma atempada, dentro das limitações orçamentais e seguindo as normas do doador;
  • Assegurar o cumprimento das normas e procedimentos de recursos humanos em vigor na organização, do Manual de Recursos Humanos e outras políticas organizacionais, e da Lei de Trabalho;
  • Apoiar o Diretor Técnico a identificar as necessidades de recursos humanos, incluindo a formação e desenvolvimento profissional do pessoal e a necessidades de recrutamento;
  • Supervisionar todos os funcionários baseados na Província (direta ou indiretamente), garantindo uma planificação, coordenação e entrega de resultados eficazes por todas as partes. Isso inclui garantir o recrutamento das pessoas certas para cada cargo em um processo transparente e uma indução adequada;
  • Apoiar o departamento administrativo, em coordenação com os Oficiais do Projeto, a fim de assegurar o cumprimento dos procedimentos administrativos e logísticos do Projeto;
  • Resolver as questões e conflitos dentro da Província, sejam elas relacionados a recursos humanos ou finanças;

Gestão Organizacional:

  • Servir como o principal elo entre a Província e a sede da AMASI em Nampula;
  • Representar o projeto e a AMASI junto as entidades governamentais Provínciais e outras partes interessadas;
  • Identificar riscos e desafios na coordenação e implementação das atividades e gestão dos recursos do Projeto e propor soluções apropriadas de forma proactiva;
  • Contribuir para o fortalecimento e melhoria dos procedimentos da organização;
  • Junto ao Diretor Técnico, trazer toda informação sobre desenvolvimentos do Projeto e mudanças no contexto local;
  • Levar a cabo outras tarefas conforme as necessidades

Requisitos

  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência, com responsabilidade crescente, na gestão de programas grandes complexos de COVs, RAMJ, saúde pública, HIV e Sida, ou proteção infantil, de preferência em Moçambique;
  • Experiência clínica é uma vantagem;
  • Licenciatura em Saúde Pública, Serviços Sociais, Gestão, Administração de Empresas ou um grau equivalente;
  • Cinco (5) anos de experiência comprovada na gestão de grandes equipes em projectos complexos em Moçambique, com foco em Cabo Delgado ou Nampula;
  • Capacidade comprovada de liderança e gestão relacionada à gestão do programa, incluindo gestão de orçamento e pessoal, motivação e supervisão dos esforços da equipe, e gestão sólida de desempenho;
  • Amplo conhecimento e experiência com as práticas administrativas e de aquisições da USAID;
  • Forte comunicação oral e escrita em Português, escrito, será uma vantagem ter conhecimento de Inglês.

Data Limite: Será dada prioridade as candidaturas recebidas antes de 31 de Dezembro de 2023. Se não forem encontrados candidatos adequados, a vaga permanecerá aberta até ser preenchida.

Como se candidatar: Envie sua carta de motivação (1 página) e CV (máximo de 3 páginas) e os dados de contacto de três referências profissionais para recrutamento@amasi.org.mz até a data limite.

Intruções de candidatura não definidas, Reportar erro para:info@rebus.co.mz ou ligue para: (+258) 87 029 1910



Subscreva a nossa Newsletter

Para receber notificações sempre que uma nova vaga for publicada, por favor, subscreva-se aqui!.