Gestor Sénior de Pesquisa

Esta vaga já expirou


Entidade:

EGPAF

Expira:

20-12-2023

Local:

Maputo

Gestor Sénior de Pesquisa

A ELIZABETH GLASER PEDIATRIC AIDS FOUNDATION (EGPAF) é uma ONG que trabalha em parceria com o Ministério da Saúde, na implementação do Programas de Prevenção de Transmissão Vertical (PTV) de HIV e cuidados e tratamento para pessoas vivendo com o HIV. A sua missão é assegurar a inclusão de crianças, prevenindo a transmissão do HIV de mãe para filho e garantir-lhes o acesso a serviços de qualidade.

No âmbito das suas actividades, a Fundação pretende recrutar um (1) Gestor Sénior de Pesquisa baseado na Cidade de Maputo.

Título:   Gestor Sénior de Pesquisa

Reporta ao: Director Nacional

Departamento: Pesquisa

Localização: Maputo

Classificação:  Tempo Inteiro

Como você lutará por uma geração sem SIDA?

O Gestor Sénior de Pesquisa é responsável por gerir e garantir a qualidade técnica do portfólio de pesquisa e avaliação da Fundação. Ele/ela fornece liderança estratégica e supervisão da implementação e operações de todas as actividades de pesquisa e avaliação conduzidas pela EGPAF Moçambique, em estreita coordenação com as equipas Técnica e de Informação Estratégica. O Gestor Sénior de Pesquisa contribuirá directamente para a geração de evidências fortes para melhorar a implementação eficaz de programas de qualidade para promover a missão da EGPAF Moçambique, que é melhorar a vida dos moçambicanos infectados e afectados pelo HIV/SIDA. O Gestor Sênior de Pesquisa é um cargo de gestão sênior que reporta directamente ao Director Nacional. Espera-se que o Gestor Sênior de Pesquisa desempenhe um papel importante no fornecimento de liderança para realizar pesquisas que sejam líderes mundiais em termos de originalidade, importância e rigor.

Não há dois dias iguais na EGPAF, mas o que você pode esperar como responsabilidades?

  • Liderar a equipe de pesquisa garantindo a coordenação, planificação e execução do portfólio de pesquisa;
  • Supervisionar o processo de revisão ética e técnica local e do doador (ex. CDC) para produtos e protocolos
  • Preparar e fornecer actualizações trimestrais aos doadores (ex. CDC) sobre actividades planificadas e aprovadas
  • Servir como co-investigador em protocolos de investigação em que a EGPAF participa
  • Acompanhar a implementação dos protocolos sob responsabilidade da EGPAF.
  • Garantir a visibilidade e utilização dos resultados da avaliação da EGPAF para influenciar políticas e práticas
  • Estabelecer estratégias e alianças de investigação que conduzirão a parcerias que permitam a implementação eficiente de actividades de investigação a todos os níveis (local, nacional e global);
  • Trabalhar em colaboração em toda a Fundação, e especialmente com a Direcção Técnica, para desenvolver uma agenda de investigação abrangente e para garantir que os resultados da investigação sejam traduzidos em conteúdo oportuno e valioso para os programas;
  • Supervisionar o desenvolvimento e implementação de investigação primária e secundária de alta qualidade destinada a aumentar a eficácia e o impacto dos programas da Fundação;
  • Garantir os padrões científicos, éticos e regulatórios da mais alta qualidade para todas as actividades de pesquisa;
  • Supervisionar a divulgação e promoção dos resultados da investigação da Fundação através de canais relevantes em ligação com o sector de Comunicação e Advocacia, e ajudar a Fundação e os parceiros a compreender e utilizar os resultados da investigação;
  • Manter contacto regular através de teleconferências com o pessoal de pesquisa da sede nos EUA para se actualizar sobre o progresso das avaliações;
  • Desenvolver e supervisionar parcerias que ampliem a capacidade da Fundação de conduzir e divulgar pesquisas de importância para a Fundação;
  • Supervisionar o pessoal de investigação que reporta directamente a esta posição e supervisionar a contratação, coaching contínuo, mentoria, formação, feedback e apoio para desenvolver a sua capacidade para promover a missão da Fundação;
  • Desenvolver e supervisionar orçamentos, políticas e procedimentos para a Direcção de Pesquisa;
  • Contribuir para a capacitação do pessoal e estagiários da EGPAF, parceiros e pessoal do Ministério da Saúde na condução de pesquisas/avaliações através de formações, orientação e partilha/revisão de literatura científica relevante e outras fontes e materiais relevantes;
  • Participar na preparação de notas conceptuais, protocolos, relatórios de estudos, resumos e manuscritos e divulgação de resultados a nível Local, Nacional e Internacional;
  • Fornecer liderança técnica à EGPAF Moçambique através da construção de um portfólio estratégico de pesquisa operacional e avaliações de programas que promovam o programa da EGPAF;
  • Colaborar com a equipa de Pesquisa Global da EGPAF em todos os programas da EGPAF para alavancar conhecimentos globais, partilhar experiências e facilitar actividades de investigação multi-países;
  • Reforçar a capacidade local das instituições nacionais de saúde e dos parceiros para realizar pesquisa de alta qualidade, incluindo a construção de parcerias com essas instituições para fazer avançar a agenda de investigação da EGPAF;
  • Desempenhar outras funções que lhe forem atribuídas

Para ter sucesso, você terá:

  • Médico com Mestrando em Saúde Pública, Epidemiologia, Estatística ou áreas afins;
  • Mínimo de 3+ anos de experiência comprovada na condução de pesquisas e avaliações em saúde em países em desenvolvimento, incluindo desenho de estudos, desenvolvimento de protocolos, colecta de dados, análise de dados e publicação científica;
  • Experiência em HIV/SIDA, TB e temas de investigação relacionados
  • Antecedentes em saúde (Conhecimento e compreensão da prevenção, cuidados e tratamento do HIV/SIDA e TB, SMI e pediatria);
  • Mais de 3 anos de experiência gerindo múltiplos trabalhadores, incluindo supervisão, orientação e apoio e, experiência na administração de actividades de pesquisa;
  • Amplo conhecimento e experiência demonstrada com metodologias de pesquisa, incluindo capacidade demonstrada para identificar, colectar, integrar, analisar, interpretar e resumir uma variedade de informações quantitativas e/ou qualitativas
  • Experiência com técnicas de última geração em avaliações de programas e proficiência em análise estatística quantitativa. Experiência no uso de softwares como Stata, SPSS, SAS, outros.
  • Experiência no desenvolvimento de protocolos de pesquisa para revisão do CNBS e gestão de correspondência e requisitos dos comités de bioética a nível nacional e internacionalmente

Pontos de bônus/mais valias se você tiver:

  • Publicações em revistas especializadas/com revisão de pares será uma vantagem
  • Credibilidade acadêmica com histórico de pesquisa activa e de alta qualidade e de ter liderado projectos de pesquisa;
  • Conhecimento dos principais intervenientes nacionais existentes sobre as redes relacionadas com o sector do HIV/SIDA ou vontade de adquirir esse conhecimento rapidamente;
  • Capacidade de pensar e agir estrategicamente, exercendo bom senso e gerindo múltiplos projectos;
  • Capacidade de demonstrar uma compreensão clara da pesquisa e de como os resultados da pesquisa podem ser apresentados aos parceiros e a uma comunidade científica mais ampla;
  • Excelentes habilidades interpessoais e de comunicação;
  • Espírito de trabalho em equipe mas também pode trabalhar de forma independente;
  • Fortes habilidades de comunicação escrita e oral em português e inglês, capazes de comunicar e influenciar uma ampla gama de profissionais de diferentes organizações e formações;
  • Capacidade comprovada de gerir uma carga de trabalho grande e complexa, trabalhando às vezes com prazos curtos;

Como uma organização global, multinacional e multicultural, a EGPAF acredita que a diversidade no local de trabalho enriquece o nosso trabalho e aumenta o nosso impacto e eficácia. Acreditamos que os trabalhadores têm o direito de trabalhar num ambiente de respeito mútuo e integridade que promova a dignidade e o respeito por todos e que lhes permita atingir seu pleno potencial. A Fundação está empenhada em promover a diversidade, equidade, inclusão e pertencimento (DEI&B), e encorajamos fortemente aqueles com as seguintes identidades a se candidatarem: BIPOC (negros, indígenas e outras pessoas de cor), mulheres e não binários, LGBT + (lésbicas, gays, bissexuais e Transgênero), indivíduos com deficiência e outros membros de grupos historicamente sub-representados.  Além dos requisitos da legislação do país, a EGPAF cumpre as leis dos EUA que regem a não discriminação no emprego em todos os locais onde a Fundação possui instalações.

A Fundação não cobra taxas em nenhuma fase do processo de recrutamento. Se lhe for solicitado o pagamento de taxas em qualquer fase do recrutamento ou se testemunhar qualquer violação de ética, entre em contato pelo número +1 770 776 5674, ou faça a sua denúncia de forma online através dos seguintes links: (i) para denúncias em Inglês: http://www.reportlineweb.com/PedAids  e (ii) para denúncias em outras línguas: https://iwf.tnwgrc.com/PedAids

As candidaturas deverão ser submetidas até ao dia 20 de Dezembro de 2023.

Na Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation as vagas não se pagam e são estritamente observados os princípios de ética, integridade e transparência. A Fundação recomenda e encoraja vivamente a denúncia imediata de quaisquer actos contrários a estes princípios. Eventuais pedidos de esclarecimentos poderão ser feitos através dos números: +25821488901/02.

Forma de Candidatura:

Intruções de candidatura não definidas, Reportar erro para:info@rebus.co.mz ou ligue para: (+258) 87 029 1910

Forma de Candidatura:



Subscreva a nossa Newsletter

Para receber notificações sempre que uma nova vaga for publicada, por favor, subscreva-se aqui!.