Oficial Regional de Laboratório

Esta vaga já expirou


Entidade:

EGPAF

Expira:

2022-03-25

Local:

Inhambane

Oficial Regional de Laboratório

A ELIZABETH GLASER PEDIATRIC AIDS FOUNDATION (EGPAF) é uma ONG que trabalha em parceria com o Ministério da Saúde, na implementação do Programas de Prevenção de Transmissão Vertical (PTV) de HIV e cuidados e tratamento para pessoas vivendo com o HIV. A sua missão é assegurar a inclusão de crianças, prevenindo a transmissão do HIV de mãe para filho e garantir-lhes o acesso a serviços de qualidade.

No âmbito das suas actividades, a Fundação pretende recrutar Dois (02) Oficiais Regional de Laboratório, baseado em Inhambane – Moçambique.

A Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation (EGPAF) tem a missão de criar um mundo onde nenhuma mãe, criança ou família sejam devastadas pelo HIV e pela AIDS, e nós estamos causando um impacto . Somos líderes comprovados na luta global para erradicar o HIV e a SIDA, e defensores de que todas as crianças vivam uma vida plena e saudável até a idade adulta. Por mais de 30 anos, a EGPAF tem sido líder no atendimento de necessidades urgentes em HIV e SIDA pediátricos nas regiões mais afetadas do mundo. Realizamos nossos valores de paixão, inovação, trabalho em equipe, liderança, integridade, excelência e equidade todos os dias, maximizando nosso impacto nas comunidades que servimos. Junte-se a nós em nossa luta por uma geração sem SIDA.

Título : Oficial Distrital/Regional de Laboratório

Departamento : Técnico

Localização : Inhambane, Moçambique

Reporta-se a : Coordenador Distrital/Regional

Subordinados directos: N/A

Como você lutará por uma geração sem SIDA?

Oficial regional de laboratório será baseado na Unidade Sanitária (AJUDA- maior volume) seleccionada na base de número pacientes activos em TARV dos Distritos apoiado pelo EGPAF. Oficial distrital/regional de laboratório é responsável pela operacionalização do apoio da EGPAF às Unidades Sanitárias onde que estar localizado., na implementação, monitoria e avaliação dos serviços laboratoriais. O Oficial distrital/regional de laboratório integra a Equipa Distrital/regional da EGPAF e o elo de apoio no fortalecimento da capacidade institucional na gestão do laboratório e serviços relacionados do Serviço nacional de Saúde situados no distrito/região. Trabalhará em estreita colaboração com as equipes das Unidades Sanitárias onde está alocado, respeitando o plano de actividades acordado e as normas e padrões de qualidade do Ministério da Saúde. Oficial distrital/regional de laboratório está sob supervisão do Coordenador distrital/regional e recebe apoio do Assessor Nacional de laboratório.

Não há dois dias iguais na EGPAF, mas o que você pode esperar como responsabilidades?

Funciona como ponto focal distrital/regional deve apoiar os aspectos clínicos e na gestão laboratorial:

  • Desenvolver, distribuir e tutorar os técnicos na implementação dos procedimentos operacionais padronizados (POP) específicos nos laboratórios e outros serviços onde haja necessidade;
  • Apoiar a implementação do sistema de informação laboratorial manual e/ou electrónico;
  • Assegurar a elaboração e submissão dos informes mensais referentes ao sistema de informação e gestão logística (LMIS);
  • Reforçar a cadeia de suprimentos (previsões, procura, distribuição de equipamento, material e consumíveis fornecidos pela rede do PEPFAR para CD4, Carga Viral, Diagnostico Infantil Precoce, GeneXpert, TB, Hematologia e Bioquímica;
  • Formar e dar seguimento das formações sobre qualidade na testagem rápida de HIV nos diferentes locais de testagem no distrito;
  • Em coordenação com a DPS assegurar a expansão de DISA Links, DISA POC, Plasma e GeneXpert a nível da sua região/distrito.
  • Implementar e reforçar o Sistema de Gestão de Inventário Laboral;
  • Promover formações em trabalho relacionadas com a colheita e transporte de amostras de CD4, Carga viral, DPI, bioquímica, hematologia, microscopia da tuberculose;
  • Assegurar que o Controlo de Qualidade (interno e externo) é consistentemente, feito, monitorado, analisado e planos de acções correctivas são feitas e implementadas nos laboratórios do distrito;
  • Formar o pessoal de laboratório, enfermeiras e outros funcionários na colheita venosa (sistema de vácuo e seringa) e capilar.
  • Planificar e implementar as actividades de âmbito distrital com o pessoal de laboratório e outras equipas multidisciplinares;
  • Planificar e coordenar actividades com outros profissionais de saúde nas actividades de brigadas da saúde;
  • Dar assistência técnica nas sedes e periferias sob sua cobertura;
  • Monitorar o funcionamento dos laboratórios no distrito sob sua cobertura;
  • Participar em reuniões multidisciplinares da Unidade Sanitária e da Fundação;
  • Assegurar a observância de biossegurança e das Boas Praticas Laboratoriais.
  • Assegurar a implementação dos procedimentos de segurança no laboratório

Para ter sucesso, você terá:

  • Nível médio de Laboratório ou equivalente;
  • Experiencia de 5 anos de trabalho prático no laboratório clinico;
  • Experiencia de implementação de Programas de Qualidade de HIV, CV, DIP, TB incluindo FOGELA;
  • Experiencia de Gestão de um Laboratório Clinico de nível III;
  • Experiencia de trabalho em ONGs

Pontos de bônus/mais valias se você tiver:

  • Capacidade de trabalhar num ambiente multicultural e multidisciplinar;
  • Habilidades de comunicação oral e escrita, na língua portuguesa e inglesa;
  • Conhecimentos na aplicação do Microsoft Office (Excel, Word, PowerPoint, Outlook)
  • Capacidade de trabalhar em equipa;
  • Conhecimento básico do pacote Windows; Word, Excel, PP, Outlook

Como uma organização global, multinacional e multicultural, a EGPAF acredita que a diversidade no local de trabalho enriquece o nosso trabalho e aumenta o nosso impacto e eficácia. Acreditamos que os trabalhadores têm o direito de trabalhar num ambiente de respeito mútuo e integridade que promova a dignidade e o respeito por todos e que lhes permita atingir seu pleno potencial. A Fundação está empenhada em promover a diversidade, equidade, inclusão e pertencimento (DEI&B), e encorajamos fortemente aqueles com as seguintes identidades a se candidatarem: BIPOC (negros, indígenas e outras pessoas de cor), mulheres e não binários, LGBT + (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros), indivíduos com deficiência e outros membros de grupos historicamente sub-representados.

A EGPAF é um empregador de oportunidades iguais e oferece oportunidades iguais a todos os trabalhadores e candidatos a emprego, independentemente de raça / etnia, cor, religião, sexo (incluindo gravidez, identidade de gênero, expressão de gênero e orientação sexual), nacionalidade, idade, deficiência ou genética. Além dos requisitos da legislação do país, a EGPAF cumpre as leis dos EUA que regem a não discriminação no emprego em todos os locais onde a Fundação possui instalações.

A Fundação não cobra taxas em nenhuma fase do processo de recrutamento. Se você for solicitado a pagar uma taxa em qualquer estágio do recrutamento, entre em contato com fraud@pedaids.org.

As candidaturas deverão ser submetidas até ao dia 25 de Março de 2022.

Na Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation as vagas não se pagam e são estritamente observados os princípios de ética, integridade e transparência.

A Fundação recomenda e encoraja vivamente a denúncia imediata de quaisquer actos contrários a estes princípios. Eventuais pedidos de esclarecimentos poderão ser feitos através dos números: +25821488901/02.



Subscreva a nossa Newsletter

Para receber notificações sempre que uma nova vaga for publicada, por favor, subscreva-se aqui!.